Parnaíba Piauí

PARNAÍBA PIAUÍ

Uma bela e acolhedora cidade do Piauí

Parnaíba é sem dúvidas uma das cidades mais amadas do Piauí. E é desse nosso amor por essa terra querida que criamos esse site. Nossa intenção é criar aqui um guia simples, fácil e acessível para aqueles que querem conhecer a cidade de Parnaíba.

Para isso, vamos postar aqui informações sobre essa linda cidade, para ajudar aqueles que querem conhecer a cidade que é considerada a porta de entrada para o Delta do Parnaíba,

famoso roteiro turístico que abrange partes de dois estados, Maranhão e Piauí.

A cidade de Parnaíba tem belíssimas praias, que contanto não sejam propriamente de parnaíba, estão bem próximas dela, sendo de fácil acesso.

Para quem quer visitar esta cidade, saiba que há por aqui muito bons hotéis e pousadas, bem como resorts e hostels, que tê bons preços. Mas é bom ficar de sobreaviso, pois nos períodos de alta

temporada, as acomodações parecem não serem suficientes para a grande quantidade de pessoas que aflui para essa cidade.

Veja aqui o que poderá encontrar nesse site sobre a cidade de Parnaíba Piauí:

  • Praias
  • Hotéis e pousadas
  • Fotos de Parnaíba
  • Praças
  • Roteiros turísticos

Veja nesse vídeo um pouco do que você vai encontrar na cidade de Parnaíba

Além das belezas naturais, que não são poucas sabemos bem, Parnaíba apresenta um grande valor histórico para o estado do Piauí. Principalmente nas proximidades do Porto das Barcas,

há inúmeros casarões históricos que revelam a importância de Parnaíba, chegando naquela época a ser mais importante do que a ex-capital Oeiras. Desde 2012, Parnaíba vem crescendo em ritmo acelerado,  como mostra essa reportagem aqui, tendo no início de 2014, inaugurado o seu

primeiro shopping Center (O Parnaíba Shopping), além de ter retomado os voos em seu aeroporto internacional.

Pontos Turísticos em Parnaíba

DELTA DO PARNAÍBA

delta do parnaibaTido como o maior delta do mundo, localizado no extremo norte do Estado do Piauí, fazendo divisa com o Maranhão, o Delta do Rio Parnaíba é o único das Américas que deságua em mar aberto, apresentando uma composição de ilhas e igarapés que chamam a atenção pela diversidade de

espécies de sua fauna e flora. Diferentes roteiros para visitação do Delta do Parnaíba podem ser encontrados nas agências locais e também por nativos das ilhas que conduzem passeios únicos,

possibilitando ao turista um contato mais próximo com a natureza do lugar, tanto no percurso pelas águas, como em paradas estratégicas para banho nas ilhas do delta.

LAGOA DO PORTINHO

Margeada por dunas de areias brancas, a Lagoa do Portinho, é um dos mais conhecidos pontos turísticos da região Norte do Piauí. A lagoa é visitada por famílias de parnaibanos e turistas de todo

o Brasil que encontram opções para hospedagem, alimentação, descanso e lazer com banho e passeios pela lagoa e dunas, rodeadas por vegetação com forte presença de palmeiras entre

coqueiros e carnaúbas. Segundo a lenda, a Lagoa do Portinho surgiu a partir das lágrimas da índia Macyrajara, que teria chorado durante dias, a morte do seu grande amor, índio Ubitã guerreiro pertencente a uma tribo inimiga da sua, que foi morto pai da índia, o chefe Botocó da tribo dos Tremembés.

PORTO DAS BARCAS

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Porto das Barcas é o ponto de origem de Parnaíba, tornando-se o local de maior identidade e referência histórica da cidade. Ele está situado às margens do Rio Igaraçu, braço do Rio Parnaíba, e à direita da ponte

Simplício Dias, que liga a cidade à Ilha Grande de Santa Isabel. O centro histórico é composto por armazéns antigos construídos pelos escravos, que serviam para o estoque de produtos do comércio de importação e exportação, como a carne de charque e outros gêneros. Atualmente nesses

armazéns funcionam lojas de artesanato, pontos de alimentação, agências de ecoturismo e pousada, reunindo frequentemente moradores de Parnaíba e um grande número de turistas, que buscam conhecer parte da história da região.

PRAIA PEDRA DO SAL

Pôr do Sol na Pedra do Sal

Situada na Ilha Grande de Santa Isabel, a 15 km do centro de Parnaíba, está um pequeno morro de pedra que divide a praia em dois lados: a parte mais brava, frequentada por surfistas, e a parte mais mansa, de onde se vê o pôr do sol. Para chegar até lá, é só pegar a rodovia PI-116 que em 20

minutinhos você chega. Há uma infraestrutura de quiosques à beira mar e um entardecer daqueles para ninguém botar defeito. O visual é lindíssimo, o lugar é calmo e o momento é único.

A única praia localizada no município de Parnaíba fica a 16 km do centro da cidade. O acesso pela Ponte Simplício Dias leva a uma das melhores opções para o turismo pelo seu aspecto rústico e natural. O Farol localizado em um belo conjunto de pedras, divide o mar agitado no lado leste das

águas mansas do lado oeste. No lado bravo o ambiente é próprio para prática de surf, kitesurf e outros esportes náuticos. Na parte mansa é propício ao banho mais tranquilo. A praia conta com uma boa faixa de terra branca e fina, estrutura de lazer, bares, condições para pesca e descanso.

PRAÇA SANTO ANTÔNIO

A Praça Santo Antônio integra o sítio histórico arquitetônico de Parnaíba, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Uma das mais antigas praças da cidade é um

logradouro público que chama a atenção por ser bastante arborizada, abrigando ainda importantes marcos como o Monumento do Centenário da Cidade (1844-1944) o Centro Cívico, onde acontecem

desfiles e outras solenidades cívicas. O conjunto da praça apresenta ainda o tradicional Colégio das Irmãs e a igreja de Santo Antônio.

PRAÇA DA GRAÇA

Localizada no centro da cidade, abriga o Monumento da Independência do Brasil no Piauí e reúne em seu entorno as igrejas Nossa Senhora do Rosário, e a Catedral de Nossa Senhora das Graças.

Desenvolveu-se a partir da construção das igrejas no período colonial, e atualmente reúne prédios importantes como agências bancárias, Receita Federal, Correios, Hotel Delta, Câmara Municipal, escritórios, lojas comerciais e prestação de serviços.

BEIRA RIO

A Avenida Nações Unidas, conhecida Beira Rio é a avenida que passa pelo Rio Igaraçu no bairro do Carmo, um dos mais antigos de Parnaíba. O local concentra um grande número de tradicionais

bares, pizzarias e restaurantes com pratos da culinária regional, destacando-se a torta de camarão e receitas com frutos do mar. Outra atração do local é o Calçadão Cultural, espaço que recebe nas noites de sexta-feira grande público para prestigiar atrações musicais com artistas da terra e convidados.

CASARÃO SIMPLÍCIO DIAS

O prédio centenário de arquitetura colonial portuguesa construído no século XVIII está situado na Rua Monsenhor Joaquim Lopes com a Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade. Pertenceu à

família de Simplício Dias da Silva, primeiro governante da cidade. O local representou o centro administrativo e financeiro de Parnaíba na condição de Vila, época do Brasil império, e foi

recentemente restaurado pela Prefeitura de Parnaíba. Hoje abriga a Superintendência Municipal de Cultura, o escritório do IPHAN em Parnaíba, e serve como local de visitação e exposições de artistas locais e nacionais.

MUSEU DO TREM E MARIA FUMAÇA

Inaugurada em 1920, a estrada de ferro chegou a ligar o litoral ao centro norte do estado. A estação central do município hoje abriga o Museu do Trem, que disponibiliza acervo de fotos, objetos, e

ferramentas de trabalho da época, marco do progresso comercial do município. A locomotiva Maria Fumaça prefixo 29, recentemente restaurada, se encontra próximo ao Museu, na Avenida Chagas

Rodrigues, servindo de atrativo turístico. A locomotiva de procedência da Estação Ferroviária Nacional, foi fabricada nos Estados Unidos. Em 2006 foi incluída no inventário das locomotivas a vapor do Brasil, sendo a única do Piauí a fazer parte da memória ferroviária nacional.

O Delta do Parnaíba

Delta do Parnaíba concentra belezas naturais ainda pouco exploradas e pode superar as expectativas dos turistas. Está localizado entre os estados do Maranhão e Piauí e é considerada

uma das paisagens mais belas do mundo. Delta é quando um rio se abre em vários canais formando diversas ilhas e braços do rio que deságuam no mar. Esse fenômeno ocorre de forma semelhante

no Rio Nilo, na África, por exemplo. O Rio Parnaíba surge na chapada das Mangabeiras e seu curso percorre 1485 km, estendendo em cinco braços entre Maranhão e Piauí, num emaranhado de rios, igarapés e quase 80 ilhas!

Como chegar ao Delta do Parnaíba

O acesso ao Delta do Parnaíba pode ser feito via terrestre, pelo mar ou de avião. As cidades que são porta de entrada para o Delta são: Parnaíba, Teresina e Fortaleza.  Parnaíba tem aeroporto, mas

recebe voo apenas da cia aérea Azul, que não são tão frequentes. Minha ida foi de Brasília até Teresina, e em seguida de carro até o Delta, percorrendo parte das Rotas das Emoções. Essa rota comporta o Delta do Parnaíba, os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara, no Ceará.

Onde se hospedar

Minha hospedagem no Delta foi na Pousada Vila Parnaíba, um cantinho lindo e rústico no meio da cidade. Super bem localizada, está a 5 minutos do centro de Parnaíba e com equipe super bem

preparada pra nos atender. Além disso, são parceiros da empresa Clip Ecoturismo que atende passeios incríveis na região.

Quando ir

A melhor época é entre maio e agosto, quando as chuvas diminuem, as lagoas estão cheias e límpidas e o calor é um pouco mais ameno. Eu fui em março e peguei chuva, mas também peguei

céu aberto e dias lindos. O calor por ali é constante, mas, de fato, a temperatura estava melhor do que eu imaginava.

O que você não pode deixar de conhecer no Delta do Parnaíba

  • Praia de Macapá

Uma praia diferente do que estamos acostumadas a ver. A Praia de Macapá, a 27 km do centro do município de Luís Correia, é linda, deserta e rodeada pela calmaria do interior do Piauí. As árvores secas ao longo da areia formam uma paisagem incrível que foge do visual comum de praias.

  • Barra Grande

Essa maravilha do Piauí está no município de Cajueiro da Praia,  a 70 km de Luís Correia e a 400 km de Teresina. Transborda charme, calmaria e leveza. Lembra um pouco a Caraíva, na Bahia, com suas ruelas de areia, música ao vivo, galera jovem e atmosfera alternativa.

O turismo é baseado nas atrações da praia, na prática de kitesurf, por conta dos fortes ventos, e no passeio da trilha do cavalo-marinho. Sentar na praia de água morninha e assistir ao sol se pôr é uma boa pedida. Mesmo em dias nublados, a paisagem é linda.

Sente em algum barzinho ou restaurante rústico, pé na areia e com música que você sentirá o clima único do lugar. Minha indicação é o Manga Rosa, com uma comida deliciosa e cerveja bem gelada.

Se tivesse tido mais tempo, teria me hospedado por ali e curtido uns 2 dias na vila. As hospedagens vão desde chalés simples à resort. Se tiver tempo e oportunidade, vale a pena!